Mineirinho e Filipe defendem a ponta do ranking mundial na África do Sul

By WSL South America | 8 de julho de 2015 | noticias

Começa nesta quarta-feira o prazo do sexto desafio do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour na África do Sul, com os brasileiros Adriano de Souza e Filipe Toledo defendendo a dianteira na corrida do título mundial nas longas direitas de Jeffreys Bay, em Eastern Cape. A briga entre eles é fase a fase, mas quatro australianos também podem assumir a ponta do ranking no J-Bay Open, Owen Wright, Mick Fanning, Julian Wilson e Taj Burrow. A “seleção brasileira” do WCT competirá reforçada pelos catarinenses Alejo Muniz e Tomas Hermes nesta etapa que vai até o dia 19 na África do Sul. A chamada do primeiro dia foi marcada para as 7h30, 2h30 da madrugada pelo fuso horário de Brasília.

Adriano de Souza em Jeffreys Bay no ano passado (Foto: Kirstin Scholtz / WSL)
Adriano de Souza em Jeffreys Bay no ano passado (Foto: Kirstin Scholtz / WSL)

Os cinco surfistas que vão brigar pela “lycra amarela” de número 1 do Jeep Leaderboard do Mineirinho, estão escalados nas primeiras baterias do J-Bay Open. Taj Burrow abre o campeonato com dois surfistas que voltam de contusões, o taitiano Michel Bourez e o norte-americano Brett Simpson. Julian Wilson entra na disputa seguinte com dois brasileiros, o paulista Miguel Pupo e o catarinense Alejo Muniz, que assumiu a liderança no ranking do WSL Qualifying Series com a vitória no último domingo no QS 10000 Ballito Pro, também na África do Sul. Com o título, Alejo já confirmou o seu retorno a elite dos top-34 da World Surf League para o ano que vem.

Na terceira bateria, Owen Wright, que faturou o título na final australiana com Julian Wilson na etapa passada, em Fiji, compete com seu compatriota Kai Otton e o norte-americano C. J. Hobgood. Na quarta, o paulista Filipe Toledo estreia também com um australiano e um americano, Adam Melling e Dane Reynolds, respectivamente. E na quinta, o defensor do título do J-Bay Open, Mick Fanning, enfrenta o igualmente australiano Matt Banting e Tomas Hermes, o outro brasileiro que entrou nas vagas dos contundidos John John Florence, do Havaí, e Jeremy Flores, da França.

Depois de ver os seus cinco desafiantes ao posto de número 1 do Jeep Leaderboard competirem nas direitas de Supertubes, em Jeffreys Bay, Adriano de Souza começa a defender a “lycra” amarela pela terceira etapa consecutiva, contra o norte-americano Kolohe Andino e o convidado sul-africano desta etapa, Slade Prestwich. E mais quatro integrantes da “seleção brasileira” do WCT se apresentam nas últimas baterias da primeira fase.

O paulista Wiggolly Dantas está na nona com o norte-americano Nat Young e o australiano Adrian Buchan. No confronto seguinte, os potiguares Italo Ferreira e Jadson André estreiam juntos com o havaiano Fredrick Patacchia. E o atual campeão mundial, Gabriel Medina, que ocupa uma incômoda vigésima posição no ranking e ainda busca um bom resultado esse ano, entra na 12.a e última bateria com o vice-campeão do J-Bay Open em 2014, Joel Parkinson, da Austrália, e o havaiano Keanu Asing. Esta primeira rodada não é eliminatória, com os vencedores passando direto para a terceira fase e os perdedores tendo uma segunda chance de classificação na repescagem.

O J-Bay Open será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e também pela Fox Sports para a Austrália, pela MCS Extreme para a França, EDGE Sports para a China, Coréia do Sul, Malásia e outros territórios e no Brasil terá cobertura especial da TV Globo e dos canais ESPN. O link também pode ser acessado clicando-se no banner do evento na capa do www.wslsouthamerica.com

—————————————————————————————

João Carvalho – Assessoria de Imprensa da WSL South America – jcarvalho@worldsurfleague.com

—————————————————————————————

PRIMEIRA FASE DO J-BAY OPEN – Vitória=Terceira Fase / 2.o e 3.o=Segunda Fase:

1.a: Taj Burrow (AUS), Michel Bourez (TAH), Brett Simpson (EUA)

2.a: Julian Wilson (AUS), Miguel Pupo (BRA), Alejo Muniz (BRA)

3.a: Owen Wright (AUS), Kai Otton (AUS), C. J. Hobgood (EUA)

4.a: Filipe Toledo (BRA), Adam Melling (AUS), Dane Reynolds (EUA)

5.a: Mick Fanning (AUS), Matt Banting (AUS), Tomas Hermes (BRA)

6.a: Adriano de Souza (BRA), Kolohe Andino (EUA), Slade Prestwich (AFR)

7.a: Josh Kerr (AUS), Sebastian Zietz (HAV), Dusty Payne (HAV)

8.a: Kelly Slater (EUA), Matt Wilkinson (AUS), Glenn Hall (IRL)

9.a: Nat Young (EUA), Wiggolly Dantas (BRA), Adrian Buchan (AUS)

10: Italo Ferreira (BRA), Jadson André (BRA), Fredrick Patacchia (HAV)

11: Bede Durbdige (AUS), Jordy Smith (AFR), Ricardo Christie (NZL)

12: Gabriel Medina (BRA), Joel Parkinson (AUS), Keanu Asing (HAV)

TOP-22 NO JEEP LEADERBOARD DA WORLD SURF LEAGUE – após a 5.a etapa em Fiji:

1.o: Adriano de Souza (BRA) – 28.000 pontos

2.o: Filipe Toledo (BRA) – 27.450

3.o: Owen Wright (AUS) – 26.150

4.o: Mick Fanning (AUS) – 24.950

5.o: Julian Wilson (AUS) – 23.450

6.o: Taj Burrow (AUS) – 21.700

7.o: Nat Young (EUA) – 18.250

8.o: Josh Kerr (AUS) – 17.950

8.o: Italo Ferreira (BRA) – 17.950

10: Jeremy Flores (FRA) – 16.750

11: Kelly Slater (EUA) – 16.700

12: John John Florence (HAV) – 16.000

13: Bede Durbidge (AUS) – 15.950

14: Matt Wilkinson (AUS) – 13.250

15: Joel Parkinson (AUS) – 13.200

15: Jadson André (BRA) – 13.200

17: Wiggolly Dantas (BRA) – 13.150

18: Jordy Smith (AFR) – 11.950

19: Sebastian Zietz (HAV) – 11.000

20: Gabriel Medina (BRA) – 10.950

21: Miguel Pupo (BRA) – 9.750

21: Adam Melling (AUS) – 9.750

PRÓXIMAS ETAPAS DO SAMSUNG GALAXY WORLD SURF LEAGUE CHAMPIONSHIP TOUR 2015:

6.a: Jul 08-19: J-Bay Open em Supertubes, Jeffreys Bay – África do Sul

7.a: Ago 14-25: Billabong Pro Teahupoo em Teahupoo, Taiarapu Ouest – Taiti

8.a: Set 09-20: Hurley Pro at Trestles em Lower Trestles, San Clemente, Califórnia – Estados Unidos

9.a: Out 06-17: Quiksilver Pro France em Hossegor, Landes – França

10: Out 20-31: Moche Rip Curl Pro Portugal em Supertubos, Peniche, Cascais – Portugal

11: Dez 08-20: Billabong Pipe Masters em Banzai Pipeline, Oahu – Havaí

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , ,